Vales Indústria 4.0

Vales Indústria 4.0

21-08-2017

Vale Indústria 4.0 é uma das várias medidas de apoio às empresas portuguesas, criadas  na sequência do programa de incentivos Portugal 2020.

At
é 29 de Setembro, as pequenas e médias empresas portuguesas vão poder submeter as suas candidaturas ao primeiro concurso noâmbito do programa Vale Indústria 4.0, que vai distribuir 4,2 milhões de euros em vales, cada um com um valor máximo de 7500 euros, para projetos com foco na digitalização. 

Podem candidatar-se as PME de todos os setores que cumpram vários critérios (pelo menos três postos de trabalho, sem outras candidaturas aprovadas ou em fase de decisão na tipologia de investimento "qualificação das PME", entre outros). O apoio, com duração de um ano,édirigido a empresas que queiram "implementar sistemas de comércio eletrónico, melhorar a sua posição nos motores de busca e a experiência do utilizador no site ou apostar em marketing", explicou. "Destina-se também a empresas que queiram avançar com processos associadosàIndústria 4.0, nomeadamente a realidade aumentada, big data ou sistemas de inteligência artificial, e ainda para a contratação de serviços, como a assistência técnica", clarificou Ana Lehmann numa entrevista ao jornal Diário de Noticias. "Na internacionalização, a aposta no digital e em sites bem estruturados permitiráa estas empresas criarem montras para os clientes internacionais, permitindo gerar mais negócio e maior exposição e penetração em mercados externos, de forma acessível e eficaz." O objetivo? Empresas mais eficientes e competitivas.

Para poderem prestar serviçosàs PME, noâmbito dos Vales Industria 4.0, as entidades interessadas tiveram que se candidatar no Balcão 2020 e passaram por um processo de acreditação. O que se pretendia aqui era promover a transparência e a qualidade dos serviços prestados. Além de apoiar as PMEs com os vales, o programa de incentivos garante que estas contratam prestadores com serviços qualificados, obtendo um desenvolvimento tecnológico sustentado.

RECI (Regulamento Específico do Domínio da Competitividade e Internacionalização) estabeleceu as condições deste processo, que foi aberto a todas as entidades que tinham experiência e competência comprovada naárea tecnológica. O regulamento determinou ainda que os serviços que estas concediam não podiam corresponder a atividades recorrentes e tinham que identificar, clara e objetivamente, as dificuldades de cada negócio.  Posteriormente tinham que apresentar soluções práticas que resolvessem definitivamente os problemas das empresas. 

lista de serviços que podem ser fornecidos évasta e vai desde o apoio nos procedimentos de implementação de comércio eletrónico, big datarealidade aumentadaconsultoria emáreas tecnológicasassistência técnica, entre outros.

A Hydra iT éuma entidade acreditada para prestação de serviços

 As candidaturas e processos de seleção de entidades para prestação de serviços noâmbito do projeto Vale Indústria 4.0 játerminaram. No total, foram acreditados 381 prestadores de serviços, entre eles a Hydra iT. Assim, temos a possibilidade de ajudar PMEs a desenvolver a sua estratégia de implementação de Sistemas de Informação.

Como consultores especializados que somos, auxiliamos na gestão dos recursos humanos da sua empresa, no relacionamento com entidades e clientes, na gestão da informação interna e nas tomadas de decisão. Se quiser saber mais sobre os nossos serviços, deixe o seu contacto aqui